Hotel cabeça de boi em monte verde, casamentos em monte verde

O casamento é um evento para toda a família

É fato para mim e é bom avisar aos noivos desde já, seu casamento pertence também à sua família, é um evento onde todos acabam se envolvendo. Não importa que as famílias ainda não se conheçam pessoalmente, que seja um cerimônia para 500 pessoas ou um mini-wedding para 50 convidados, o dia de sua cerimônia será também o dia de todos eles, sendo assim nada melhor que algumas dicas úteis para ajudar o registro destas imagens. Cinco Dicas Simples….

Cinco Dicas Simples….

DICA UM: É emocionante ter as crianças como pajens, todos amam isto. Mas que tal acrescentar mais parentes ao grande momento? Irmãs ou irmãos mais velhos ou avós entrando com alianças, imagens religiosas ou bíblias mechem com os convidados, principalmente quando se consegue fazer segredo disto até o último segundo;

DICA DOIS: Informe aos fotógrafos e videomakers sobre algum parente em especial que deva ser fotografado durante a cerimônia, mas que por alguma razão não vá poder participar ativamente dela por limitações de idade ou saúde, por exemplo. Muitas vezes por timidez um pajem ou daminha pode desistir de última hora, não é razão para que ele não apareça em fotos inusitadas;

fotógrafo de casamento pouso alegre e itajubá, álbum de casamento poços de caldas e jacutinga,  fotografia de casamento varginha e alfenas (58)

DICA TRÊS: Se for possível, coincida sua data de casamento com outra data de grande importância da família, recentemente registrei um casamento onde o casal conseguiu realizar seu enlace no mesmo dia em seus avós completavam 53 anos de casados, a data permitiu ao padre presente algo a ser discursado e isto realmente fez toda a diferença aos presentes, rendendo ótimas imagens;

AVÓS EM CERIMÔNIAS RELIGIOSAS, avós em casamentos, pouso alegre fotografia de casamento, igreja nossa de fátima

DICA QUATRO: Durante a festa, além das necessárias fotos políticas (avós com avós ao seu lado, pais com pais, irmãs e irmãos, etc…) use sua imaginação, faça fotos com todos os primos, ou então reúna todos os netos da sua avó em uma única foto descontraída ao lado dela. Festeje com eles, não se limite a fazer fotos apenas nas mesas, vá com eles para a pista de dança quando possível. Tenha idéias diferentes, sabia que escrever o nome das solteironas voltou à moda este ano? Aproveite e surpreenda suas primas. Chame seus irmãos e faça um depoimento surpresa para seus pais nas famosas cameras Gopro e envie esta imagem aos profissionais contratados, sejam espontâneos;

DICA CINCO: Há algum parente que saiba cantar? Perfeito! Ponha o microfone na mão dele e deixe-o comandar a festa por alguns instantes, acredite a equipe de filmagem em especial vai agradecer por este atrativo a mais.

Festa de casamento em itajubá

Estas são as dicas da semana. Até breve, se quiser mandar suas sugestões basta enviar uma mensagem pela minha fan page.

Obrigado.

Roberto Hunger- Fotografia de casamento: Com escritório sediado emPouso Alegre (Minas Gerais), atuo como fotógrafo especializado em casamentos na região do Sul de Minas (Itajubá, São Lourenço, Santa Rita do Sapucaí, Varginha, Jacutinga, etc.) e demais estados vizinhos. Faça contato e solicite um orçamento de fotografia para seu evento. Rua Cel. José Inácio, 108 – apt: 201- (35) 8444-4635, Centro- Pouso Alegre.

Todos querem fotografar seu casamento… Inclusive o fotógrafo.

Muitas mudanças ocorreram na fotografia de eventos nos últimos anos, e claro a fotografia de casamentos do sul de minas também sofreu influências destas transformações, hoje novas tecnologias são usadas durante as cerimônias, novas linguagens se destacaram (como o fotojornalismo que eu realizo), a qualidade final das imagens impressas é muito maior agora do que há cinco anos, mas entre todas as mudanças hoje eu decidi falar sobre uma que tem realmente influenciado o dia do casamento: Os convidados fotógrafos.

No dia do casamento os noivos estão com suas emoções transbordando, além de muitos detalhes que sempre surgem no dia e que pedem naturalmente sua atenção, fazendo com que muito daquilo em que tanto investiram passe despercebido justamente por eles. Não raro alguns casais ao verem a previa de seu casamento se surpreendem por momentos que nem se recordavam ou simplesmente e não presenciaram, ou se emocionam pela beleza dos detalhes da sua decoração do seu casamento que simplesmente foi impossível apreciar antes. Por isto digo que como fotógrafo sou um dos olhos do casal no dia do evento, mas atualmente estou longe de ser o único. Além de mim e minha equipe de fotografia temos ainda a equipe de filmagem (que são os seus ouvidos também, além dos olhares eles se responsabilizam pelo áudio do casamento), e por fim o público presente. Graças aos convidados hoje em dia com todas as facilidades dos celulares e tablet´s, o casamento está on line em tempo real, padrinhos, amigos, convidados em geral postam em suas redes sociais e compartilham sem cessar as imagens que antes eram um privilégio serem capturadas apenas pelos profissionais, com a vantagem de que divulgam isto no momento em que ocorrem.

Hoje todos conseguem ir para casa com uma foto que seja do casamento, a entrada da noiva ou festa, as crianças ou o cãozinho da família, a valsa ou o momento da gravata, todo instante cabe em uma fotografia. Há fotógrafos de casamento que simplesmente não aceitam tal mudança, se queixam e sofrem com a presença dos convidados também fotógrafos. Outros profissionais apenas deixam rolar e se divertem com isto.

Acredito que hoje o fotógrafo de casamento é a pessoa responsável pelas imagens em conjunto, pela história narrada do começo ao fim, algo impossível aos convidados, e que deverá fazer isto de maneira profissional pensando nas necessidades dos noivos. E tem que saber quando um convidado que resolve sacar seu celular para fazer uma foto está ultrapassando o limite que vai prejudicar as fotos oficiais do álbum de casamento, cabendo a ele agir ou pedir ajuda.

Esta questão é algo recente para nós fotógrafos de eventos, e ainda é cedo para saber até onde isto vai mudar a fotografia de casamento, se é prejudicial ou benéfico é cedo para darmos uma posição final, no entanto a mudança já ocorreu, nenhum fotógrafo profissional de casamento está sozinho hoje em dia durante um evento. E deve saber que a fotografia realizada pelos familiares e amigos é parte da historia daquelas pessoas, tão importante a elas quanto as suas serão. O ato de fotografar é um ato de comunicação tão presente e imediato hoje quanto à fala, a escrita, a música, etc. E as pessoas querem comunicar a todos o que estão vendo, naquele segundo. Todo casamento é uma celebração à fotografia de amor, fotografia de amizade, fotografia familiar, natural então que todos desejem colaborar de alguma forma.

DICAS:

  • Se desejar evitar que algum convidado ocupe o lugar que cabe aos profissionais ocuparem no dia do casamento, é possível pedir isto educadamente antes da cerimônia, para que as pessoas não ocupem os corredores durante as entradas dos noivos e padrinhos. O padre/celebrante ou um cerimonialista pode pedir isto minutos antes da cerimônia iniciar.
  • Por outro lado você pode criar uma hashtag para seu casamento, ou um perfil/página do facebook onde as pessoas poderão postar suas imagens. 

 

Roberto Hunger- Fotografia de casamento: Com escritório sediado em Pouso Alegre (Minas Gerais), atuo como fotógrafo especializado em casamentos na região do Sul de Minas e demais estados vizinhos. Faça contato e solicite um orçamento de fotografia para seu evento. Rua Cel. José Inácio, 108 – apt: 201- (35) 8444-4635, Centro- Pouso Alegre.

Prévia do Casamento de Ana Cláudia e Nivaldo (Jacutinga)

Em um dia onde nem a chuva conseguiu nublar tantas emoções, o enlace de Ana Cláudia e Nivaldo fez Jacutinga vibrar com muito rock e emoções. Obrigado a vocês plea escolha de minha equipe para registrar a celebração de seu casamento. Sei que falo por mim e demais profissionais que seu casamento foi lindo.

Equipe:

Fotografia: Roberto Hunger fotografia e equipe;

Vídeo : Totonho Rigotti (TR Produções).

Local: Pousada e Gastronomia Caminhos do Bom Café, Jacutinga. ( Caminhos Do Bom Cafe ).

 Sobre a pousada: “A pousada está bem próxima a Jacutinga “Capital Nacional do Tricot”. Com malharias para todos os gostos e uma moda conhecida internacionalmente. Destaca-se a “Fest Malhas” no inverno com turistas e compradores de todo o Brasil, além do tradicional encontro de Jipeiros, Festas Religiosas, Semana Italiana e encontros culturais diversos.Com um clima ameno possui trilhas especiais e cachoeiras. É um convite especial para um descontraído lazer.” – informações extraídas do site, para mais informações: (35) 3443 1784 / (35) 9121 4850.

 

 

Roberto Hunger- Fotografia de casamento: Com escritório sediado em Pouso Alegre (Minas Gerais), atuo como fotógrafo especializado em casamentos na região do Sul de Minas e demais estados vizinhos. Faça contato e solicite um orçamento de fotografia para seu evento. Rua Cel. José Inácio, 108 – apt: 201- (35) 8444-4635, Centro- Pouso Alegre.

Por trás de uma excelente fotografia de casamento, o que acontece?

Por trás de uma excelente imagem clicada durante um casamento existem muitas questões que as noivas desconhecem inicialmente. Não creio ser necessário aqui falar nada especificamente sobre técnica fotográfica, mas sobre a importância da seleção dos demais profissionais que atuam em um casamento. Sim, tenho percebido cada vez mais que uma boa imagem começa a ser construída meses antes pelos outros profissionais envolvidos em um casamento, o fotógrafo só registra aquilo que lhe é oferecido no dia, e por mais que existam artimanhas com luz ou possibilidades de pós-produção em programas de edição de imagem, ainda sim um fotógrafo registra o que existe e nada mais.

Cabe aos noivos escolher os profissionais que permitirão a captação destas imagens, um bom clique é fruto do esforço de muitas pessoas envolvidas,  desde a locação do casamento, a equipe de filmagem (que é a irmã da fotografia), os profissionais de cerimonial, decoração, a arte floral, Buffet, vestidos e make, o carro que irá te transportar e a música da cerimônia e festa, tudo isto será ao final retratado no dia de seu casamento. E acredite, a escolha de bons profissionais não reflete apenas em questões de estética, o que realmente em minha opinião acontece é que o aspecto emocional desta data tão querida resulta do profissionalismo de toda a equipe. Basta um erro para que as emoções dos seus convidados, além das suas, sejam afetadas e acabem por ser registradas pelas lentes dos fotógrafos, como eu disse : registramos aquilo que nos é oferecido. O que pode ser visto como um erro? Eu poderia citar exemplos aqui, mas prefiro dizer que erro em um evento relacionado a casamento é quando determinado profissional toma as decisões que comprometerão o decorrer da cerimônia, o que é bem diferente de um imprevisto, bons profissionais lidam com os imprevistos. O dia do casamento, eu repito com enorme frequência, é uma data onde inúmeras pessoas se reúnem em torno de um sonho, cada um com suas expectativas e emoções, é natural imprevistos acontecerem, em meio a tudo isto a fotografia terá de extrair os momentos que simbolizem estas expectativas, tendo como cenário e clima o que outros profissionais prepararam. Não importa que em dado momento algum imprevisto tenha ocorrido, as pessoas irão desejar ter em suas mãos como lembranças os sorrisos, as lágrimas de emoção, o reencontro entre parentes distantes e amigos de longa data, ninguém irá se lembrar de que por acidente uma taça caiu durante a festa, todavia se a escolha de um profissional incapaz for feita, estes problemas irão se repetir (mesmo quando poderiam ter sido evitados) e por fim, infelizmente em algum momento o clima do evento será afetado e registrado por nossas máquinas, passando então a serem lembranças. O dia do seu casamento é resultado de trabalho em equipe.

Boas equipes fluem, mesmo que estes profissionais estejam se encontrando pela primeira vez, sendo competentes irão agir em harmonia. São eles que farão do seu dia algo único. Conheça sua equipe, converse com eles, mantenha contato, faça perguntas, e quando eles sugerirem: Ouça!

Contrate bons profissionais e eu garanto que suas fotos serão memoráveis, além de uma belíssima estética sua tranquilidade por saber que existem pessoas confiáveis cuidando de tudo dará a fotografia o semblante da tranquilidade de estar se casando sabendo que cada profissional presente está oferecendo o seu melhor.

RHJ-IMG_5390

Casamento Mariana e Altair (Pouso Alegre – Hípica Campo das Palmeiras)

Casamento de Mariana e Altair.

realizada na Hípica Campo das Palmeiras, em Pouso Alegre, com os parceiros:
Decoração: Helena Gurgel Arte Floral;
Fotografia: Roberto Hunger Junior ( Roberto Hunger Fotografia).

A listagem de empresas será atualizada durante a semana, obrigado a todos os profissionais envolvidos, amigos e parceiros, e meu obrigado especial ao casal.

 

 

 

Apreciando o livro pelo conteúdo, não pela capa…

Algo atualmente inquestionável é como a internet mudou a maneira de se encontrar seus profissionais de casamento. A maioria dos clientes de um profissional de casamento chegam até nós pelas redes sociais, direta ou indiretamente, seja clicando ou pesquisando por nós, ou encontrando quase que acidentalmente nosso trabalho pela benéfica propagação que a internet oferece, assim que nossos clientes iniciam a divulgação de nossos trabalhos realizados. Nunca foi tão vital para as noivas dedicar horas e horas navegando pela rede em busca de profissionais e referências dos mesmos, e aqui eu dou algumas dicas de como fazer estas horas valerem a pena, no que se refere à fotografia:

 A primeira e mais básica de todas as dicas: Empatia com as fotos divulgadas, e isto é imediato, assim que observar as imagens apenas “sinta” se o que está sendo mostrado pelo fotógrafo é de seu gosto pessoal, ocorre que o perfil do fotógrafo é como suas imagens se mostram, e assim ao ver as fotos já se estabelece uma relação instantânea, se o que você vir não te agrada este não é o seu fotógrafo. O estilo, seja clássico ou fotojornalista, misto, espontâneo; enfim, a alma do fotógrafo está em suas fotos e o que ele apresenta na internet será aquilo que ele fará em seu casamento;

A segunda dica: Como este profissional organiza seu trabalho na internet? Se ele possui Fan-Page no Facebook, site, blog, etc. Hoje é impossível não possuir uma página no Facebook como profissional, e como noiva você deve usar deste meio para ver os seus contatos em comum com o fotógrafo sendo pesquisado (amigos darão boas dicas), ver quem são os outros profissionais que ele tem contato, ver com que freqüência ele atualiza sua página, e ver os comentários das fotos publicadas;

Terceira dica: Cuidado com a propaganda enganosa que também é comum na rede social, devido às limitações de proteção de nossas imagens na internet, nada mais fácil que um falsário copiar belas imagens de profissionais já estabelecidos e criar um site com fotos que não são de seu portfólio, talvez como noiva você não saiba destas histórias, mas isto ocorre com uma constância maior do que se imagina. Evite profissionais que te oferecem links para sites que não abrem (estão sempre em manutenção), ou questione sites de “fotógrafos” amadores que já parecem ter viajado o país ou o mundo todo em poucos anos nas mais belas paisagens e locações mais luxuosas apesar de sua inexperiência (aqui o Facebook é vital para constatar a possibilidade deste golpe, basta ler os comentários desta pessoa, sua timeline, seus contatos, que já irá perceber algo de divergente nas fotos e mensagens);

Quarta dica: Certa vez ouvi alguém dizer que um site é apenas um cartão de visitas digital, discordo radicalmente. As redes sociais podem ser um meio de pesquisa pública excelente, um contato rápido, mas um site quando funcional é sinal de preocupação do profissional com detalhes, não apenas uma “página” ou cartão, afinal o site tem tudo organizado (galerias, tabelas, contato, depoimentos, postagens, etc.), no site tem-se a oportunidade de ver a identidade visual do profissional, uma parte de seu mostruário, entre outras informações que nas redes sociais não são fáceis de serem encontradas por vocês sempre que desejam, um cartão de visitas é algo estático e um site é como um livro, precisa de conteúdo;

Quinta dica: E esta é a última dica de hoje: Conteúdo. Atualmente há muitos profissionais bons no mercado, o mercado fotográfico está saturado, e isto não uma crítica, mas é em minha opinião um fato, então o que diferenciar um profissional do outro? Conteúdo. Boas fotos são obrigatórias neste ramo, oferecer álbuns de qualidade também é imperativo, equipamento de ponta é primordial e cada profissional tem suas preferências, ou seja, a parte técnica de um profissional de fotografia de casamentos é equivalente e palpável para todos que estão no mercado, como então encontrar o seu profissional se há tantos no momento? É onde mais uma vez a internet pode ajudar, veja como ele se portar nas comunidades, como publica seus pensamentos, se possível seu histórico profissional (prêmios, cursos realizados, postagens escritas por ele, livros, etc.), pois se tecnicamente estamos todos nós fotógrafos seguindo para uma mesma direção de excelência profissional (cada um em seu ritmo ou público), em termos de conteúdo cada um se difere do outro, e isto é impossível de se copiar ou igualar. Não adianta dedicar horas e horas de navegação apenas conferindo se as fotos são de seu agrado, é preciso saber que é está pessoa irá estar com você em um dos dias mais importantes de sua vida, faz-se necessário conhecer também um pouco da alma de quem está por trás da máquina e fará suas imagens, quase como folhear o livro antes de comprar.

RHJ-6583_1