Setembro é o novo Maio para as noivas, o que mudou então?

Há tempos muitos profissionais de casamento já perceberam que o mês de Maio, antes considerado o mês das noivas, deixou de ser o mês com maior procura pelos casais, por uma serie de razões culturais e até econômicas Setembro foi lentamente ganhando a preferência das noivas.

Setembro é um mês com bom clima, estável o suficiente para aqueles que desejam casar no campo ou montanhas, é relativamente próximo ao final do ano quando as pessoas não estão preocupadas (ou ainda sobrecarregadas) com as contas de “começo de ano” como ocorre em Maio para muitos; a estação ainda favorece o melhor preço de flores para arranjos, uma vantagem tanto para quem deseja investir como para os profissionais da arte floral.

Como algumas noivas afirmaram em minha página do facebook, Setembro também não é alta temporada para se viajar, sendo assim seu casamento não irá comprometer as férias de seus convidados e familiares, e bons preços para aqueles seus padrinhos que irão necessitar se hospedar durante a data.

Mês de setembro para noivas, dicas e sugestões

Tenho certeza de que se conversar com outras noivas (sim, eu sei que vocês noivas voam em bandos) irão encontrar outras vantagens que não citei aqui. Ocorre que eu queria ilustrar apenas alguns dos motivos que julgo principais, fortes o bastante para causar esta migração de maio para Setembro, mesmo que Maio ainda seja concorrido, Setembro hoje está simplesmente muito mais solicitado, e isto gera uma questão aos noivos, que é a própria concorrência entre os casais. A lei do mercado é simples, a maior procura por um mesmo período faz com que os profissionais possam inflacionar seus preços nesta época, e isto não é uma crítica, mas uma ação natural do mercado, como então amenizar este efeito? Outra questão a alertar as noivas é que a procura maior faz com que os melhores profissionais sejam cotados e contratados com mais antecedência, e quando você for solicitar um orçamento àquele fotógrafo ou decorador que já acompanha desde o dia que marcou seu casamento, ele pode não mais ter agenda livre, e vamos ser sinceros! É muito frustrante quando isto ocorre.

Eu tenho uma única dica para conseguir contornar estas duas questões: ANTECEDÊNCIA. Quem começa a pesquisar antes pode contratar antes, parcelar de forma mais benéfica, conseguir descontos dependendo como o profissional trabalha, e ainda poderá escolher quais profissionais deseja ter em seu casamento. Há noivas em contato comigo neste momento pesquisando valores para eventos que só irão ocorrer daqui há dois anos, e eu acho certo. Não é exagero, quanto mais cedo mais a noiva se organiza, menores serão as surpresas no caminho e possibilidades de conter seus gastos irão crescer. Acho viável e recomendo até a contratação de um serviço de cerimonialista desde o começo para planejar o seu casamento sem imprevistos. É esta a dica de hoje: Setembro é o novo Maio para vocês noivas, quanto maior a antecedência em reservar sua data melhor.

Aproveite o novo mês das noivas, a estação favorece muitas possibilidades de decoração, mais criatividade e luxo, em uma época de boa luz para a fotografia e filmagem.

E você acha que Maio ainda é o mês das Noivas? Ou Setembro é só uma moda passageira? Deixei sua opinião em minha enquete:

 

 

 

Hotel cabeça de boi em monte verde, casamentos em monte verde

O casamento é um evento para toda a família

É fato para mim e é bom avisar aos noivos desde já, seu casamento pertence também à sua família, é um evento onde todos acabam se envolvendo. Não importa que as famílias ainda não se conheçam pessoalmente, que seja um cerimônia para 500 pessoas ou um mini-wedding para 50 convidados, o dia de sua cerimônia será também o dia de todos eles, sendo assim nada melhor que algumas dicas úteis para ajudar o registro destas imagens. Cinco Dicas Simples….

Cinco Dicas Simples….

DICA UM: É emocionante ter as crianças como pajens, todos amam isto. Mas que tal acrescentar mais parentes ao grande momento? Irmãs ou irmãos mais velhos ou avós entrando com alianças, imagens religiosas ou bíblias mechem com os convidados, principalmente quando se consegue fazer segredo disto até o último segundo;

DICA DOIS: Informe aos fotógrafos e videomakers sobre algum parente em especial que deva ser fotografado durante a cerimônia, mas que por alguma razão não vá poder participar ativamente dela por limitações de idade ou saúde, por exemplo. Muitas vezes por timidez um pajem ou daminha pode desistir de última hora, não é razão para que ele não apareça em fotos inusitadas;

fotógrafo de casamento pouso alegre e itajubá, álbum de casamento poços de caldas e jacutinga,  fotografia de casamento varginha e alfenas (58)

DICA TRÊS: Se for possível, coincida sua data de casamento com outra data de grande importância da família, recentemente registrei um casamento onde o casal conseguiu realizar seu enlace no mesmo dia em seus avós completavam 53 anos de casados, a data permitiu ao padre presente algo a ser discursado e isto realmente fez toda a diferença aos presentes, rendendo ótimas imagens;

AVÓS EM CERIMÔNIAS RELIGIOSAS, avós em casamentos, pouso alegre fotografia de casamento, igreja nossa de fátima

DICA QUATRO: Durante a festa, além das necessárias fotos políticas (avós com avós ao seu lado, pais com pais, irmãs e irmãos, etc…) use sua imaginação, faça fotos com todos os primos, ou então reúna todos os netos da sua avó em uma única foto descontraída ao lado dela. Festeje com eles, não se limite a fazer fotos apenas nas mesas, vá com eles para a pista de dança quando possível. Tenha idéias diferentes, sabia que escrever o nome das solteironas voltou à moda este ano? Aproveite e surpreenda suas primas. Chame seus irmãos e faça um depoimento surpresa para seus pais nas famosas cameras Gopro e envie esta imagem aos profissionais contratados, sejam espontâneos;

DICA CINCO: Há algum parente que saiba cantar? Perfeito! Ponha o microfone na mão dele e deixe-o comandar a festa por alguns instantes, acredite a equipe de filmagem em especial vai agradecer por este atrativo a mais.

Festa de casamento em itajubá

Estas são as dicas da semana. Até breve, se quiser mandar suas sugestões basta enviar uma mensagem pela minha fan page.

Obrigado.

Roberto Hunger- Fotografia de casamento: Com escritório sediado emPouso Alegre (Minas Gerais), atuo como fotógrafo especializado em casamentos na região do Sul de Minas (Itajubá, São Lourenço, Santa Rita do Sapucaí, Varginha, Jacutinga, etc.) e demais estados vizinhos. Faça contato e solicite um orçamento de fotografia para seu evento. Rua Cel. José Inácio, 108 – apt: 201- (35) 8444-4635, Centro- Pouso Alegre.

Dicas para realizar seu casamento em casa

 

Acredito que entre os casais que desejam realizar seu casamento em casa existem dois grandes grupos, os que optam por isto desejando intimidade total em seu grande dia (afinal nada mais romântico que sua casa ser cenário de seu enlace?) e uma outra grande parcela de noivos que buscam economia ao realizar uma cerimônia de menor escala que um casamento tradicional, aos casais que desejam intimidade este post só irá reforçar este desejo, quanto ao grupo que busca reduzir gastos estas dicas podem te refazer repensar bem sobre esta opção.

Curioso, este post foi sugestão de uma leitora e cliente,  e a primeira imagem que veio a minha mente ao pesquisar para este post foi o filme O PAI DA NOIVA, me refiro à refilmagem de 1991 com Steve Martin (o filme é uma refilmagem de um filme de 1950 de mesmo título), comédia que assisti ainda jovem, muito antes de imaginar que um dia eu faria parte do universo das noivas. E hoje como profissional de casamentos posso dizer, a comédia tem sim uma grande fundamentação no que ocorre ao se decidir realizar um casamento em casa, tanto pelos benefícios quanto pelos imprevistos, fica então a dica para as noivas que queiram assistir e se divertir, CLIQUE AQUI.

Vou antes levantar várias questões a serem organizadas a fim de evitar imprevistos e auxiliar os casais a se prepararem em suas finanças, e depois algumas dicas sobre os benefícios deste estilo de casamento.

Acredito que o primeiro passo seja a certeza de quantos convidados terá seu casamento. E se fazer algumas perguntas: Quantos convidados terei no meu evento? Minha comporta meu evento? Haverá espaço para todos?  E estas são apenas as primeiras perguntas.

Pense nas seguintes questões: Ainda será preciso verificar a estrutura da casa para receber além dos convidados o Buffet, a cozinha desta empresa (certamente sua casa não tem uma cozinha industrial), além da circulação destes profissionais durante o evento. Será preciso acomodar estas pessoas também durante a cerimônia. Será vital que um profissional verifique o tempo de preparação da decoração, da instalação da cozinha, possivelmente os banheiros de sua casa precisarão ser adaptados em nome do conforto de seus convidados. Sua rede elétrica possui condições de suportar a iluminação da decoração e de músicos ou Dj´s? Já na semana do casamento sua casa será visitada por vários profissionais, esteja pronto para isto e os horários destas pessoas. Mesmo que seus convidados não ultrapassem vinte pessoas, tudo isto vai exigir planejamento de profissionais competentes. Se os convidados ultrapassarem cinquenta pessoas o custo da “transformação” de sua casa para suportar tal evento pode ser superior ao aluguel de um espaço próprio, imagine se o clima não colaborar com seu casamento e que seja preciso alugar uma tenda para o jardim do altar planejado? Se a intenção de se casar em casa for economia esta opção pode ser o inverso do que você procura, se sua casa não suporta o número de convidados que deseja ter o custo será maior. Caso sua casa esteja localizada em região urbana existem ainda questões a serem planejadas, como horários a serem respeitados (lei do silêncio) ou mesmo se o trânsito da rua onde mora irá influenciar, se terão vagas para seus convidados. Nada disto é empecilho se for pensado antes e resolvido, os vizinhos próximos podem ser convidados ou receberem presentes pela compreensão, por exemplo.

Pensado os pós e contras financeiros, mas ainda decidido a realizar seu casamento em casa, então você realmente deseja intimidade. Perfeito! Uma cerimônia em casa é interessante pelas possibilidades belíssimas de decoração, fotografia e filmagem, entre outros detalhes, tudo pode ser personalizado, se valendo de parte da decoração da casa. A história de sua casa pode fazer parte do casamento, aquele móvel antigo de família pode ter destaque, o álbum de casamento de seus pais pode ser parte da decoração, as fotos de vocês dois podem recepcionar os convidados, o jardim poderá ser o corredor de sua cerimônia. Procure por um bom decorador e ele te dará mil sugestões incríveis.

E se no início do texto eu levantei questões para te fazer pensar, mesmo agora falando dos benefícios acredito que já esteja claro: CONTRATE UMA ASSESSORIA, se ela já será importante no planejamento antecipado, no decorrer do evento será essencial, e um de seus melhores investimentos, tenha um cerimonial a seu lado nesta data, para poder aproveitar todos os momentos, e garantir o conforto e recepção de todos.

Lembre-se, sua casa no dia do evento estará adaptada, mas seus convidados e parentes ainda a terão em mente como ela sempre foi, podem precisar de auxilio para se locomover, encontrar objetos, ou mesmo para saber o que podem ou não fazer, quais quartos usarão para trocar ou onde as crianças irão brincar. Isto tudo pode ser resolvido de forma bem humorada, criativa, os convidados podem ter seus nomes já pendurados nas portas, e as crianças um espaço com profissionais já responsáveis por elas, ou aquele tio que elas tanto adoram.

Se houver espaço externo, o registro das imagens será bem aproveitado em horários de por de sol, ou luz suave, algumas casas campestres podem oferecer tudo isto, enquanto os convidados se acomodam após a cerimônia aproveite seu espaço para um ensaio, todavia se sua casa for urbana, prepare um local de clima aconchegante para as fotos, mesmo um jardim menor ou parede com bela textura pode servir para este momento se for bem produzido.

Um conselho pessoal, um casamento que privilegia a intimidade merece fotos espontâneas dos convidados, deixe todos à vontade, realize as fotos tradicionais necessárias e depois use e abuse da decoração personalizada para retratar seus parentes e convidados com muita diversão. Mescle os elementos da decoração de seu casamento com os objetos de sua casa, as alianças podem ser fotografadas sobre seu antigo piano, seus livros podem ser tema da decoração, o buquê ser fotografado junto a suas lembranças preferidas. Tudo em sal casa sendo bem aproveitado é fonte de belas imagens, prepare estes detalhes a avise a equipe responsável, eles irão adorar saber disto tudo.

È isto, aqui fica minha opinião, espero ter ajudado e até o próximo post.

              o-pai-da-noiva

O amor visto por um fotógrafo de casamentos…

“Mas chegará o instante em que me darás a mão, 
não mais por solidão, mas como eu agora: 
por amor.”

Clarice Lispector

Com muita frequência visito a internet, para pesquisar pensamentos sobre casamentos, frases e citações de incentivo aos noivos, e muitas vezes encontro apenas frases de humor, ou desmotivação, esta observação é algo que eu já até desabafado em meu e-book SÓ É NOIVA QUEM QUER. E de tanto não encontrar estes dizeres positivos sobre casamento, por fim, resolvi escrever eu mesmo.

O amor visto por um fotógrafo de casamentos…

Todas as semanas vejo pessoas se casando. Sou fotógrafo de casamentos, é minha paixão, mas o que realmente me atrai nesta profissão é ver o amor que permeia o casamento… Ele está, esperando por mim. O amor em uma cerimônia é imprevisível, pode até se esconder por mera timidez, enquanto em outros momentos ele salta sem vergonha, e se deixar transbordar. Se quiser ver também o amor valsando em um casamento deverá olhar nas entrelinhas, procurar nos detalhes efêmeros de um toque, um olhar, ou uma lágrima. Ele surge repentinamente, se esconde por brincadeira e quando menos se espera faz pose para mim.

O amor não pousa apenas nos noivos, em alguns momentos ele prefere o amor de mãe, o amor de pai, avós ou amizades, fica correndo entre os convidados, tirando a atenção de todos, contudo é no casal que ele realmente irá se manifestar mais vezes, e quando isto acontece… Acreditem, eu não preciso fazer nada, a fotografia acontece sozinha. Sim! É verdade, eu não faço nada, apenas tenho o privilégio de ser uma das pessoas mais próxima do casal neste grande dia. A maioria dos fotógrafos não se dá conta disto, da sorte que possuem, ficam preocupados com suas tecnicidades, com suas composições fotográficas e regras de terços, e deixam de perceber que justamente neste dia, entre tantos parentes, amigos e convidados é ELE quem está a poucos metros do casal, cruzando o caminho de todos, vendo detalhes que somente ele terá a sorte de ver. Sou uma pessoa de sorte, não imagino profissão mais importante no mundo.

Sou eu quem tem a responsabilidade (GIGANTESCA) de narrar os passos do amor durante uma cerimônia, tenho que saber onde ele está, adivinhar para onde vai, com quem está naquele segundo. A matéria prima da fotografia de casamentos é retirada desta dança entre o amor e minhas lentes, tenho que bailar por onde ele me levar, seja por entre um altar, seja ao ar livre, em um dia de sol ou chuva, o álbum de casamento só será possível se eu conseguir acompanha-lo. Se eu não conseguir sei que as futuras fotos reveladas deste dia serão apenas fotos impressas, imagens reveladas em papel fotográfico, nada mais… E isto será inaceitável, pois o que desejo mostrar são lembranças, momentos que quando revelados trarão emoção às pessoas, quero que quando o álbum for aberto pela primeira vez o amor esteja lá, tão ansioso quanto os noivos.

Todas as semanas vejo pessoas se casando, e tenho a sorte de ver toda semana o amor.